O DISCURSO DO REI.




O que um rei pode precisar?! Rico, famoso,culto, instruído, bem casado, lindos filhos... 
O que um homem pobre, trabalhador, sem formação acadêmica, filho de um cervejeiro pode oferecer a um rei?! Ah,muito! Tudo, o que de há de mais importante que um homem assim tem, mas um rei pode carecer.
Sou muito crítica para livros e filmes. Quando trago algo para vocês, creiam,já passou pelo alto crivo.Não que seja uma entendida do assunto, alguma autoridade, mas penso que se um livro, ou um filme nada lhe modificou, nada lhe acrescentou, então, desculpem-me, eu os colocaria no lixo.
Quando digo acrescentar não falo apenas do lado intelectual, mas que tenha lhe deixado algo, tenha tocado nossa alma, transformado nossos conceitos, edificado nossa vida, ou até mesmo tenha acrescentado um sorriso, uma fagulha de esperança a um coração triste ou desanimado. 
Esse filme trouxe isso a mim. Suspirei ao assistí-lo, sonhei, chorei, refleti, meditei.
Um rei prepotente, um temperamento agressivo, sem amigos, reprimido, cheio de feridas na alma, incapaz de retirar as máscaras e se mostrar apenas como homem.
Incapaz de se ver livre de uma maldita gagueira, ao encontrar o Sr. Leon se vê confrontado, e não somente consegue vencer esse problema na fala, como também é transformado na sua personalidade.
Sabe, esse filme fez-me lembrar de uma frase que diz:
"Não há ninguém tão rico que nada precise, nem ninguém tão pobre que não tenha nada para dar!". 
Não nos esqueçamos disso! Na verdade, o mais importante para esse rei não foi vencer a gagueira, mas foi superar seus medos, seu falso ar de superioridade, e isso ele encontrou quando passou de paciente a amigo de um homem tão simples, amigo e sábio!
Que dupla! Um lindo trabalho, uma sensacional interpretação!






Verdadeiramente ao lado de um grande homem sempre há
mulher excepcional.
um mulher

Uma amizade simples mudou a vida de um grande homem e
indiretamente do país. 
indi



Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Título Original: The King's Speech



 Reino Unido
2010 •  cor •  118 min
Produção
Direção Tom Hooper
Produção Iain Canning
Emile Sherman
Gareth Unwin
Roteiro David Seidler
Idioma original Inglês
The King's Speech (br/pt: O Discurso do Rei) é um filme britânico de 2010, escrito por David Seidler, dirigido por Tom Hooper, e estrelado por Colin Firth, Geoffrey Rush e Helena Bonham Carter. Ele conta a história do rei Jorge VI, que contrata Lionel Logue, um fonoaudiólogo, para lhe ajudar a superar a gagueira. Os dois homens tornam-se amigos enquanto trabalham juntos e, depois que seu irmão abdica, o rei confia em Logue para ajudá-lo a fazer um importante discurso no rádio no começo da Segunda Guerra Mundial.
O filme inclui citações extraídas dos diários de Logue, que foram descobertos nove semanas antes do início das filmagens, a tempo de serem incorporados ao roteiro. As filmagens começaram em dezembro de 2009 e terminaram em janeiro de 2010. O filme foi distribuído de forma limitada nos Estados Unidos em 26 de novembro de 2010, antes de receber um lançamento geral em 10 de dezembro do mesmo ano. Ele foi aclamado pela crítica por seu estilo visual, atuação e direção. A rainha Elizabeth II assistiu ao filme e disse ter ficado "emocionada" pela interpretação que Firth fez de seu pai.[3]
O Discurso do Rei ganhou sete prêmios BAFTA e quatro Oscars, sendo eles melhor filme, melhor diretor para Tom Hooper, melhor ator para Colin Firth como Jorge VI e melhor roteiro original.



Rei George VI - um linda cena. Comovente!


Pequenas limitações podem se tornar grandes problemas!





Lançamento: 11 de fevereiro de 2011 (1h 58min)
Dirigido por Tom Hooper
Com Colin Firth, Helena Bonham Carter, Derek Jacobi mais
Gênero: Histórico, Biografia, Drama
Nacionalidade: Reino Unido



Elenco do Filme O Discurso do Rei






Torta de Frango

Ingredientes Frango: 1 peito inteiro de frango com pele e osso; 1 cenoura grande; 1 talo de salsão com folhas; 1 cebola g...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...