W.E O ROMANCE DO SÉCULO.


Quão difícil é um rei abdicar do trono por amor a uma mulher!!! Sim, certamente, mas algum já pensou
o quanto essa mulher teria de abrir mão, de renunciar?! Creia, muito tem que abrir mão, sofrer por causa de um amor como esse!
Será que um rei abriria mão de um reinado, de um trono, do amor e da aceitação do seu país, da rejeição de sua família, amigos por causa de uma mulher?! Uma mulher desaprovada por todos? Simmmmmmmm! Isso aconteceu!O rei Edward VIII renunciou ao seu trono, a sua coroa por amor uma plebéia. Não uma mocinha, mas uma senhora casada e divorciada por duas vezes.
Esse filme conta a história do irmão do rei George VIII, do filme O  DISCURSO DO REI, já postado aqui.
Não digo que é um  filme que você irá se acabar de chorar, mas... gostei. Baseado em fatos reais, históricos, e mostrando o outro lado da história: não o que ele sofreu, mas o que o preço que essa mulher teve que pagar por causa desse amor. Um preço alto, que foi pago até o último dia da sua vida (dela no caso).
Um filme baseado em fatos reais nem sempre são como gostaríamos que fossemos, nem sempre terminam como queríamos, mas se você é daquelas que consegue enxergar e valorizar a beleza não somente do sonho, da fantasia, mas da realidade, então, certamente apreciará esse filme.
É, a bíblia tem razão: o amor tudo suporta, tudo sofre. Eu ainda digo: ate que a morte nos separe.
Eu gostei. Recomendo!


Direção de 

Vencedor na categoria melhor canção original no Globo de
 Ouro 2012. O filme é a segunda produção pela cantora.




Há  duas histórias em paralelo, ambas sobre relacionamento.  A nova-iorquina Wally Winthrop (Abbie Cornish) vive infeliz, casada com um médico que vende uma imagem de sucesso e moral exemplares, mas que na intimidade se revela alcoólatra e infiel. Em uma tentativa de escapar da realidade, a dona de casa se encanta pela famosa história de amor de Wallis Simpson (Andrea Riseborough) com o rei Edward VIII (James DA’rcy).


Ele abriu mão do trono, e ela será que só ganhou por amar, 
e casar um homem da realeza?!

Entre o marido, a esquerda e o amor a direita. Não é um 
caso de Dona Flor e seus dois maridos, mas um amor real.

AO monarca abdicou o trono da Inglaterra em plena ascensão
 do nazismo na Europa para se casar com a americana e assim 
viver o seu próprio "conto de fadas".


Momento em que o rei Edward VIII renunciou ao trono. 
Esse discurso é famoso e, de verdade, lindo, emocionante!

Entre a mulher que amava e a coroa , 
primeira prevaleceu!!!!


Uma coisa é enfrentar por amor toda uma família, mas você 
teria força de por causa de um amor enfrentar todo um país
ao ponto de ficar sem pátria?!


Romance, lágrimas, sonho, alegria fazem parte do maior
romance do século!


O  rei famoso, lindo, nobre, claro, rico que se apaixonou 
por uma mulher simples. Nesse caso não foi ficção, estorinha, 
mas realidade!

Elenco: James D'Arcy, James Fox, Andrea Riseborough, Abbie Cornish, Natalie Dormer, Oscar Isaac, Richard Coyle, Laurence Fox, Haluk Bilginer.
Nome Original:
W.E.
Ano: 09 de Março de 2011
País:
Inglaterra
Gênero: romance dramático
Duração: 119 minutos





Porta chá e Caderno!




Idéias não me faltam, mas cadê tempo?!
Mesmo esse mês sendo de férias ando ocupada com outras coisas.
Lendo as postagens aqui dá para perceber quantos livros tenho lido (ao mesmo tempo), e assistindo muito filmes. Fora os passeios, pequenas viagens, namoro com maridão, e tempo para as crianças e meu amor peludo,claro.
Assim,mesmo ainda fiz duas xícaras porta chá, e um caderno. Vou começar uma bolsa para Didi usar na escola, um capa de caderno jeans, e um forro para um travesseiro de cama, daqueles inclinados.
Ainda não perdi os encanto pelas xícaras porta chá, e o pessoal também não kkk.
Mais uma vez minhas xícaras porta chá!!!!!



Admito que nesse caso o tecido ajudou muito, pois é lindinho!!


Sou hiper a favor de detalhes: borboletinhas, lacinhos, fitinhas, florzinhas, e isso e aquilo. As vezes preciso me controlar kkk.



Um lacinho? Que nada kkk. Um rosa larguinho, mas um fininho branco, mais uma florzinha de fuxico com miolinho de botão. Só kkkk.


Essa já tem dona. Espero que goste.
Tudo em tecido 100% algodão, até o forro. Muita espuma (ou como alguns chamam: manta acrílica ou acrilon) para deixar bem fofinha. Economia aqui nem pensar!



A segunda xícara fiz com o mesmo tecido, mas a dona é apaixonada por lilás. Dai para agrada-la fiz tudo em lilás, e floras lilászinho também.



Oh, vocês não se esqueçam que essas xícaras fofas também são usadas de outras formas: como porta trequinhos, com vasinhos, para por bombons, chocolates. Fica a cargo da sua imaginação.


Laço bem delicado com um leve prateadinho na beirada, florzinha de fuxico, e o miolinho de botão forrado com o mesmo tecido do forro.





Fazia um tempão que não fazia um caderno! Nem lembro mais quando foi o último, mas não perdi o jeito! Esse fiz bem simples. Será me caderno de oração. Aqui anotarei os pedidos de oração que normalmente não são poucos.


Flores de fuxico,miolinho de pequenas flores de amarela , caminho de borboleta bordado, borboletinha de acrílico, rendinha, marcador de páginas e fechamento com botão e fitinha.


Esse incrivelmente não enfeitei muito porque tinha presa em termina-lo, mas ficou bonitinho, não?!





É isso amigas. Próxima semana começam as aulas, e ai já viu, cara nos estudos!! Mas não reclamo. Foi uma escolha minha e eu gosto tanto de estudar, mas do que estudo (Teologia).
Vou procurar administrar melhor meu tempo para continuar fazendo meus artesanatos, mesmo porque é uma tremenda terapia!


Cartões Gospel




Bolo de Carne com Gorgonzola e Hortelã.


Encontrei essa receita na net há um tempão. Nem guardei o endereço do site.Desculpa.
É simples, rapidinha, prática e gostosa.
Só um porém: achei que a receita, pelo menos aqui em casa, ficaria melhor a metade. Somos quatro aqui e o prato ficou imenso!!! A receita é 10, viu?! Super gostosa! Imagine a combinação de queijo gorgonzola e hortelã! A comum carne moída toma um gostinho diferente.
Uma receita para ser copiada e guardada!

Ingredientes:

-1kg de carne moída;
-1 pacote de sopa de cebola;
-1 ovo cru;
-1 cebola média picada;
-3 dentes de alho picados; (usei alho já picado)
-1/2 xícara de hortelã picada: (não usei)
-1/2 xícara de cheiro verde picado;
-100g de presunto fatiado (6 fatias);
-1 linguiça calabresa;
-1/2 pimentão em tiras;
-1 cenoura pequena em tiras;
-2 ovos cozidos inteiros (na próxima vez trocarei por ovo de codorna)
-100g de queijo provolone em tiras
-50g de azeitonas sem caroço e em rodelas;
-200g de bacon em fatias;
-sal, pimenta-do-reino e páprica doce a gosto (opcional)

Modo de Preparo:
Misture bem a carne moída, sopa de cebola, cebola, alho, cheiro verde, hortelã, o ovo crú, formando uma massa e acerte o sal e os demais temperos. Abra essa massa em uma assadeira forrada com papel alumínio e untada com azeite.
Cubra com as fatias de presunto e vai arrumando os demais ingredientes, linguiça, ovos cozidos, pimentão, cenoura, queijo, azeitonas (se quiser pode trocar, retirar ou acrescentar outros).
Feche a massa de modo que o recheio fique no meio do bolo.
Cubra todo o bolo com as fatias de bacon.
Cubra com papel alumínio e leve ao forno por 40 minutos, retire o papel alumínio e deixe por mais 15 minutos, ou até o bacon ficar crocante.

Sirva com um arroz branquinho (feito com caldo de galinha), uma saladinha verde, e um purê de batata. Tudo de bom!



As fatias de bacon não permitem que o bolo fique ressecado. A foto pode não te saído essas coisas, mas a receita é ótima! Fica bem molhadinho.


O queijo e a hortelã, hum, é bom demais!


Ah, esqueci de dizer que acrescentei um pouco de milho. Não coloquei,mas acho que também cairia bem ervilhas. Aqui não parece, mas o bacon ficou mais escurinho.

É isso. Essa receitinha é a minha cara. Gosto de preparar pratos rápidos. Nada de ficar a manhã inteira na cozinha, nem fazer pratos super elaborados. Mesmo porque nem tenho competência para isso.
Beijos muiiiiitos de coração,com amor, alegria e desejando a todas, sem exceção, amigas e visitantes desconhecidas, um lindo dia, hiper abençoado por Jesus.

Recado para voce:

"Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu único Filho para que todo aquele que nele crer não pereça,mas tenha vida eterna" (João 3.16)


Recados

UMA PROVA DE AMOR



Um filme instigante, reflexivo, emocionante, e que nos leva  a questionar: até quando devemos lutar pelos nossos filhos?!
É próprio das mães serem leoas a respeito dos seus filhos. Somos capazes de dar a nossa própria vida em favor deles.
Os filhos crescem e aos poucos vamos nos preparando para que levante voo e então, saem debaixo das nossas saias. Que bom! Que peninha! Mas é isso. Há quem diga (não eu!) que criamos filhos para o mundo (eu os crio para Deus). Porém, o que dize quando temos que liberar um filho não para sair alçando vôo, mas liberta-lo para morrer?! Eu admito: seria terrivelmente doloroso!
Esse filme é lindo. Chorei tanto. Pela mãe, pela filha por aquela que veio ao mundo para ser a salvação da irmã...
Eu garanto:vocês vão gostar!

............


Sinopse 

Sara (Cameron Diaz) e Brian Fitzgerald (Jason Patric) são informados que Kate (Sofia Vassilieva), sua filha, tem leucemia e possui poucos anos de vida. O médico sugere aos pais que tentem um procedimento médico ortodoxo, gerando um filho de proveta que seja um doador compatível com Kate. Disposto a tudo para salvar a filha, eles aceitam a proposta. Assim nasce Anna (Abigail Breslin), que logo ao nascer doa sangue de seu cordão umbilical para a irmã. Anos depois, os médicos decidem fazer um transplante de medula de Anna para Kate. Ao atingir 11 anos, Anna precisa doar um rim para a irmã. Cansada dos procedimentos médicos aos quais é submetida, ela decide enfrentar os pais e lutar na justiça por emancipação médica, de forma a que tenha direito a decidir o que fazer com seu corpo. Para defendê-la ela contrata Campbell Alexander (Alec Baldwin), um advogado que cuidará de seus interesses.
Sempre sonhamos ver nossos filhos crescendo, fortes, sau-
dáveis, mas o que fazer quando a realidade é outra:definhan-
do e morrendo dia após dia.

Dizem que o amor liberta, mas as mãe nem sempre sentem
assim, principalmente quando necessitam libertar um filho
para morrer!
Sendo solidária no sofrimento em atitudes



É possível encontrar alegria em momentos de dor!




FICHA TÉCNICA


Diretor: Nick Cassavetes
Elenco: Cameron Diaz, Alec Baldwin, Abigail Breslin, Walter Raney, Sofia Vassilieva, Heather Wahlquist, Jason Patric, Evan Ellingson.
Produção: Scott Goldman, Mark Johnson, Chuck Pacheco
Roteiro: Nick Cassavetes, Jeremy Leven
Fotografia: Caleb Deschanel
Trilha Sonora: Aaron Zigman
Duração: 109 min.
Ano: 2009
País: EUA
Gênero: Drama
Cor: Colorido
Distribuidora: PlayArte
Estúdio: Curmudgeon Films / Gran Via Productions / Mark Johnson Productions
Classificação: 12 anos



Escrever

Beijos amadas de Deus e lindo final de semana. Desejo de coração!

Para nossa meditação:

Cartões Gospel




CONVITE PARA CLUBE DO LIVRO CRISTÃO! PARTICIPEM!


Bom dia queridas!
Sábado lindo, ensolarado, e com novidades!
Eu animadíssima. Vou dizer a razão!
Há uns meses a Lu(ciana) do blog Pitadas de Sabor e Arte criou um clube de leitura. Bem que pensei em participar, mas tinha um porém: só leio livros cristãos (evangélicos) livros que de alguma forma edifiquem nosso espírito,nossa alma. Dai fiquei de fora.
Comentando aqui em casa, meu filhote de 12 anos (na época) comentou: "Ora, mãe cria um!". Somente agora tomei uma atitude. No entanto, não vou administrar o blog sozinha, mas seremos eu e minha mana amiga que amo, Luciana.

Quanto ao nome do clube, daremos algumas sugestões que serão votadas por todas as participantes, e também, por favor, dê-nos sugestões.As pessoas que quiserem participar precisam gostar de ler livros cristãos, ter responsabilidade, pontualidade e compromisso com a proposta.
Vamos a proposta:
1-O número de participantes, pensamos e achamos que até 10 está de bom tamanho.
2-Cada integrante deve escolher um livro por conta própria para dar início a rodada.
3-Os livros deverão ser enviado via Correios por registro, PAC ou registro módico. Assim que enviar, mandar o número do registro para a amiga que irá receber, assim a mesma poderá fazer o rastreamento.
4-Mimos, artesanatos, etc, fica a critério de cada uma, se assim desejar.
5-Se acaso alguém receber o mimo, nada a impede de ser educada e agradecer fazendo uma postagem especial com fotos e link do blog da pessoa que mandou.
6-Teremos 45 dias para leitura e 15 dias de prazo para envio. O que dá tempo de sobra para ler e arrumar o dinheiro para a próxima postagem. Lembrando que em média só para mandar o livro sem mimos gastamos em média 9,00 reais (então quem quer participar deve pensar nisso também).
7-Quando forem definidos as participantes, faremos um sorteio para ver quem vai enviar para quem e continuaremos a seguir a mesma lista nas próximas rodadas. Assim em todos os ciclos usa-se a mesma sequência, ao final todas nós teremos lidos todos os livros.
8-Quando for definido as participantes escolheremos o nome do clube.
9 - Deixe seu nome e email nessa postagem

Quem desejar participar deixe aqui nessa postagem seu nome.
Vamos lá turminha. Quem gosta de ler, é serva de Deus, e uma devoradora de  livros  como eu não fique de fora!
Beijos no coração de todas e




MÃES QUE MUDARAM O MUNDO.



Mãe, você faz diferença neste mundo!

Vocês devem estar pensando: "Gente, como a Nayara ler!". Bom, de certa forma sim! Mas nem tanto! Estou aproveitando o período de férias minhas e de toda a família.
Claro, que ler é um prazer!
Assim, que pus os olhos nesse livro, vupt, sem pestanejei: comprei! Quando pus os pés em casa fui lendo, não, devorando.
Ah, e quanta coisa descobri. Quantos grandes homens de Deus famosos e nem os conhecia, muito menos suas mães.
Só para vocês terem uma idéia vou citar nome de algumas mães servas de Deus que fizeram diferença no mundo por meio de seus filhos.
Mães de:
  • Corrie ten Boom 
  • John Kennedy;
  • Billy Graham;
  • Martin Luther King Jr;
  • C. S. Lewis;
  • Albert Einsteins;
  • John Wesley;
  • Henry Ford;
  • Dr. Ben Carson;
  • Abraham Lincoln;
  • Albert Einstein;
  • Santo Agostinho;
  • Wiston Churcill (sua babá evangélica)
Ainda sobre algumas mães da Bíblia:

  • Bate-Seba/ mãe de Salomão;
  • Isabel / mãe de João  Batista;
  • A mãe de Eliseu;
  • Eunice / mãe de Timóteo;
  • Agar / mãe de Ismael;
  • Ana / mãe de Samuel;
  • Jedida / mãe do rei Josias;
  • Joquebede / mãe de Moisés, Arão e Miriam;
  • Maria / mãe de Jesus;
  • Maria / mãe de Tiago;
  • Noemi / sogra de Rute;
  • A Viúva de Naim;
  • A Filha de Faraó /  mãe de criação de Moisés;
  • Raquel / mãe de José;
  • Rebeca / mãe de Esaú e Jacó;
  • Rute / mãe de Obede;
  • A mãe de Sansão;
  • Sara / mãe de Isaque;
  • A Mãe sunamita;
  • A mãe Cananéia;
  • A viúva com dois filhos;
  • A viúva de Serepta
Não citei todas, pois a lista é imensa,mas o livro é simples, objetivo, interessante e edificante.
Sempre digo que nós mães, principalmente, as que são tementes a Deus, as servas do Senhor, temos o poder de transformar o mundo. Sim, pois os homens e mulheres são forjados nos lares, e as mães podem influenciar  tremendamente.
Esse livro traz justamente histórias inspiradoras de mulheres que fizeram a diferença para seus filhos e para o mundo.
`

............................................


(contra capa)
"Desafios diários e sacrifícios não valorizados - esse é o cotidiano das mulheres em todo o mundo há décadas. Este livro conta suas histórias e mostra exemplos de garra e determinação com as quais temos certeza , você irá se identificar e trava batalhas diárias para criar seus filhos, cuidar da casa, desenvolver sua profissão e se tornar uma pessoa que faça diferença na vida daqueles que você ama.
Sabemos que as cobranças oriundas de todos os lados e os encargos da maternidade obscurecem o fato de que os seus esforços estão surtindo algum efeito positivo. Mas, nas páginas deste livro, você descobrirá que existiram mães comuns, reais, como você, cujos valores e decisões foram determinantes no mundo em que viveram.
Inspiração e coragem estão distribuídas em mais de 100 biografias de mães que influenciaram o mundo através de seus filhos e que revelarão sua habilidade de tornar este mundo melhor através da paciência, da criatividade,da bondade e do amor".

Eu creio que assim como eu, voce amará ler esse livro, e será muito, muito edificado. Um livro belo, e útil hoje e sempre!


Cursilho da Paróquia Anglicana do Espírito Santo.

Depois de dez anos aceitei ir ao cursilho da  Paróquia Anglicana do Espírito Santo (em Candeias).
Certo que fui sem grandes expectativas. Queria apenas uns dias de Maria ( a irmã de Lazaro da Bíblia), pois tenho andado muito Marta (Lucas 10.38:42. Se quiser saber essa história clique aqui).
Já tinha ido a outros retiros, acampamentos, e achei ser tudo a mesma coisa. Fui com uma idéia pré concebida, o que não é nada bom, mas pelo menos estava aberta a aprender,crescer.
Além disso tinha muitas suspeitas quanto a essa igreja, se tinha algo de romana. Claro, católica eu sou pois a palavra católica significa universal. 
Bom, o fato é que o cursilho foi maravilhoso! Mais indicado para quem não conhece o Evangelho e ainda não recebeu Jesus como seu Salvador, e único Senhor.
Foram apenas 146 mulheres! Isso sem contar a equipe trabalhando. Cento e quarenta e seis mulheres sendo ministradas de quinta (dia 12) ao domingo (15) a noite.
Dias de salvação, arrependimento, de encontro com Deus. Muitas mulheres entregaram suas vidas a Jesus nesses dias. No céu deve ter tido grande festa!
A emoção era grande, muitos choros, muito quebrantamento. Eu em todo tempo muito quieta, o que não é do meu costume. Chorei, mas nem tanto se comparando. Houve um momento que me senti estranha. Era como se todas estivessem muito emocionadas, e eu não. Pensei: "Por que será que não estou como elas?Até as manas que já se convertidas há muito tempo estão quebrantadas, e eu nada!". 
Então, no sábado, no deserto, que é o momento nosso e com Deus de oração que Deus me falou: "Que eu não estava mas na fase de ser guiada pelas emoções. Isso era para os novos, os meninos na fé. Eu era madura, e servos maduros não precisam de sentirem emoções, sensações. Eles mesmo sem sentirem agem, vivem. São os servos maduros, adultos, experimentados. Então, seja o que tem que ser e faça o que tem que fazer!"
Senti-me confrontada, mas renovada.
Sinceramente, sem nenhuma idolatria, sem achar que o cursilho é a solução de tudo, e que depois nada mais será o mesmo, mas depois de ter ido, penso que cada uma de nós, deve tirar um tempo e participa desse momento.
Algumas mulheres vierem de São Paulo, e de outros lugares somente para participarem do cursilho.
Trago para vocês o vídeo do culto da nossa chegada na paróquia anglicana.
Foi uma linda celebração, com muita alegria e lindos testemunhos.
Ah, só mais uma coisinha: dizem que o amor é invisível. Mentira!!! Eu vi o amor esses dias.Vi o amor em tudo que as minhas manas da anglicana fizeram, nos copos, pratos, no olhar, na comida. Participem e confiram!
Ver o vídeo 



Beijos, e uma linda quinta para todas.

O DISCURSO DO REI.




O que um rei pode precisar?! Rico, famoso,culto, instruído, bem casado, lindos filhos... 
O que um homem pobre, trabalhador, sem formação acadêmica, filho de um cervejeiro pode oferecer a um rei?! Ah,muito! Tudo, o que de há de mais importante que um homem assim tem, mas um rei pode carecer.
Sou muito crítica para livros e filmes. Quando trago algo para vocês, creiam,já passou pelo alto crivo.Não que seja uma entendida do assunto, alguma autoridade, mas penso que se um livro, ou um filme nada lhe modificou, nada lhe acrescentou, então, desculpem-me, eu os colocaria no lixo.
Quando digo acrescentar não falo apenas do lado intelectual, mas que tenha lhe deixado algo, tenha tocado nossa alma, transformado nossos conceitos, edificado nossa vida, ou até mesmo tenha acrescentado um sorriso, uma fagulha de esperança a um coração triste ou desanimado. 
Esse filme trouxe isso a mim. Suspirei ao assistí-lo, sonhei, chorei, refleti, meditei.
Um rei prepotente, um temperamento agressivo, sem amigos, reprimido, cheio de feridas na alma, incapaz de retirar as máscaras e se mostrar apenas como homem.
Incapaz de se ver livre de uma maldita gagueira, ao encontrar o Sr. Leon se vê confrontado, e não somente consegue vencer esse problema na fala, como também é transformado na sua personalidade.
Sabe, esse filme fez-me lembrar de uma frase que diz:
"Não há ninguém tão rico que nada precise, nem ninguém tão pobre que não tenha nada para dar!". 
Não nos esqueçamos disso! Na verdade, o mais importante para esse rei não foi vencer a gagueira, mas foi superar seus medos, seu falso ar de superioridade, e isso ele encontrou quando passou de paciente a amigo de um homem tão simples, amigo e sábio!
Que dupla! Um lindo trabalho, uma sensacional interpretação!






Verdadeiramente ao lado de um grande homem sempre há
mulher excepcional.
um mulher

Uma amizade simples mudou a vida de um grande homem e
indiretamente do país. 
indi



Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Título Original: The King's Speech



 Reino Unido
2010 •  cor •  118 min
Produção
Direção Tom Hooper
Produção Iain Canning
Emile Sherman
Gareth Unwin
Roteiro David Seidler
Idioma original Inglês
The King's Speech (br/pt: O Discurso do Rei) é um filme britânico de 2010, escrito por David Seidler, dirigido por Tom Hooper, e estrelado por Colin Firth, Geoffrey Rush e Helena Bonham Carter. Ele conta a história do rei Jorge VI, que contrata Lionel Logue, um fonoaudiólogo, para lhe ajudar a superar a gagueira. Os dois homens tornam-se amigos enquanto trabalham juntos e, depois que seu irmão abdica, o rei confia em Logue para ajudá-lo a fazer um importante discurso no rádio no começo da Segunda Guerra Mundial.
O filme inclui citações extraídas dos diários de Logue, que foram descobertos nove semanas antes do início das filmagens, a tempo de serem incorporados ao roteiro. As filmagens começaram em dezembro de 2009 e terminaram em janeiro de 2010. O filme foi distribuído de forma limitada nos Estados Unidos em 26 de novembro de 2010, antes de receber um lançamento geral em 10 de dezembro do mesmo ano. Ele foi aclamado pela crítica por seu estilo visual, atuação e direção. A rainha Elizabeth II assistiu ao filme e disse ter ficado "emocionada" pela interpretação que Firth fez de seu pai.[3]
O Discurso do Rei ganhou sete prêmios BAFTA e quatro Oscars, sendo eles melhor filme, melhor diretor para Tom Hooper, melhor ator para Colin Firth como Jorge VI e melhor roteiro original.



Rei George VI - um linda cena. Comovente!


Pequenas limitações podem se tornar grandes problemas!





Lançamento: 11 de fevereiro de 2011 (1h 58min)
Dirigido por Tom Hooper
Com Colin Firth, Helena Bonham Carter, Derek Jacobi mais
Gênero: Histórico, Biografia, Drama
Nacionalidade: Reino Unido



Elenco do Filme O Discurso do Rei






Torta de Frango

Ingredientes Frango: 1 peito inteiro de frango com pele e osso; 1 cenoura grande; 1 talo de salsão com folhas; 1 cebola g...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...