TEOLOGIA DA CONFISSÃO POSITIVA.




"Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados". (Isaías 53:4-5)
.........................................................................................................................
O Senhor já levou as minhas dores e enfermidades. Já fui completamente curado por Suas pisaduras, então,por que estou doente? Por que tenho essa enfermidade, doença há tantos anos? Será que é porque não tomei posso da benção? Será que não tenho fé, ou minha fé é menor do que um grão de mostarda? Quão miserável eu sou!
Assim, pensam muitos dos servos de Deus que sofrem com enfermidades, e principalmente aqueles que estão doentes há muitos anos, mesmo orando, jejuando, e clamando a Deus por uma cura. Então acontece o que diz na Bíblia: "A esperança adiada desfalece o coração, mas o desejo atendido é árvore de vida". (Provérbios 13:12). O coração fica triste, abatido.  "Preciso de mais fé!", dizem muitos depois de orarem tanto e não receberem a cura.
Vejamos um caso da bíblia bem conhecido: o apóstolo Paulo e seu espinho na carne. Muito provavelmente uma doença: "Qual é, logo, a vossa bem-aventurança? Porque vos dou testemunho de que, se possível fora, arrancaríeis os vossos olhos, e mos daríeis". (Gálatas 4:15)
Paulo  não disse: Jesus levou na cruz esse problema, então, basta ter fé, e repreender essa doença e ficarei curado.
......
 "Porém, com humildade, e reconhecendo a realidade da situação, revelou que “orei [pediu] ao Senhor por três vezes” para que desviasse de mim esse espinho. A reposta de Deus foi um “NÃO” bem grande.
Como o próprio nome diz, a Confissão Positiva ensina que devamos falar positivamente, confessando a Palavra. O Espírito Santo não orientou Paulo nessa direção. Afinal, nossas palavras têm poder? Aquilo que falamos se concretiza?
A principal coluna em que a Confissão Positiva se sustenta, com relação às enfermidades, é Isaías 53.4-5. Cabe a cada um se levantar e tomar posse da bênção e exigir do diabo, que saia do nosso corpo. Em síntese, é assim que a Confissão Positiva apresenta sua doutrina. Benny Hinn tenta resumir a questão assim: “Se seu corpo pertence a Deus, não pode pertencer às enfermidades”. Kenneth Copeland: “Depende de você decidir se quer ou não viver sofrendo enfermidades”. Kenneth Hagin: “Faz grande diferença aquilo que alguém pensa. Acredito que esse é o motivo pelo qual muitas pessoas estão enfermas. O que faz um crente ser bem-sucedido é o pensamento certo, a crença certa e a confissão certa”.
Vejamos a experiência pessoal. Você conhece ou teve notícias de crentes verdadeiros que estão ou estiveram doentes? Muitos, não é verdade? Você conheceu crentes fiéis que morreram em conseqüência de determinada doença, apesar das orações e vigílias? Muitos, não é verdade? Talvez o próprio leitor esteja lutando contra determinado mal, apesar de se levantar, de exigir, de repreender.
As evidências nos revelam que os crentes adoecem e eventualmente morrem em conseqüência das enfermidades adquiridas. Isto é um fato. Outra comprovação, além das nossas experiências pessoais e dos exemplos bíblicos, já relatados (Paulo, Timóteo, Epafrodito), é a que lemos no livro de Tiago, capítulo cinco, já citado. Ali se diz que crente pode adoecer, e, quando, adoece, o melhor é pedir oração (vv. 14,15 e 16).
Todos os dias os “positivistas” oram por crentes enfermos. É uma incoerência.  Basta mandar o diabo sair do corpo de vocês e proferir palavras de comando para que se cumpra o que está dito na Palavra. Para a doença, Deus capacitou a Igreja com “dons de curar” destinados à restauração da saúde (1 Co 12.9; cf. Mc 16.18).
Não há uma cura automática de todos os enfermos que se convertem. Um paraplégico poderá ser curado na hora da conversão, ou permanecer enfermo pelo resto da vida. Nem por isto deixará de ser feliz e ter paz no coração, pois a alegria em Cristo independe das circunstâncias.
Se acometido de alguma enfermidade, o crente deverá seguir as recomendações da Palavra de Deus, conforme Tiago 5.14-16: a) limpar sua vida de qualquer impureza; b) limpar o coração de qualquer sentimento de vingança ou ódio, e perdoar as ofensas; c) solicitar oração aos líderes da Igreja e aos irmãos; d) esperar no Senhor, confiante que Ele ouve as orações de seus filhos e agirá no tempo determinado, segundo a Sua vontade." (Pr. Airton Evangelista da Costa
Pastor da Igreja Assembléia de Deus Palavra da Verdade)
........
Também não nos  esqueçamos "que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito". (Romanos 8:28)
Assim como sabemos que Deus teve um propósito para não tirar o espinho da carne, pois caso contrário o apóstolo Paulo Roberto Gadelha torna-se-ia soberbo por causa das revelações.
Amado (a) se você sofre de alguma enfermidade, de alguma doença ore para o médico dos médicos lhe cure. Se for para o seu bem e a glória de Deus será curado. Como disse ontem numa reunião: Deus está mais interessado em curar a sua alma do que o seu corpo (assim como Paulo), e se essa doença pode ser um instrumento.
Ontem ouvi uma declaração linda!
Disseram: Tenho uma doença desde que nasci. Já orei muito, e sei que Deus é poderoso para curar-me (isso é, tenho fé, mas se Deus não me curar Ele continua sendo Deus na minha vida!"
Glória a Deus!
Amém.

Torta de Frango

Ingredientes Frango: 1 peito inteiro de frango com pele e osso; 1 cenoura grande; 1 talo de salsão com folhas; 1 cebola g...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...