Os Miseráveis.


Eu nunca assisti um filme como esse,e claro,o que não é comum, o novo,logo a princípio causa surpresa, e as vezes, rejeição. Eu confesso que os primeiros minutos pensei em desistir, mas por outro lado a cada cena eu me sentia presa,envolvida pela trama.
O filme é simplesmente espetacular a a forma como foi apresentada a obra de Victor Hugo nesse filme foi totalmente inusitada:o filme é todo cantado!!!! Do começo ao fim, todos os diálogos, por todo os atores,são cantados!
O diretor foi muito ousado, e... acertou! A fotografia linda, o guarda-roupa impecável, e a história,indiscutível. Como todo filme sempre há os atores principais, mas não minha opinião todos se saíram brilhantemente.
Os Miseráveis de Victor Hugo é um obra,a  meu ver, muito atual. Quando o assisti lembrei de pessoas que são legalistas, e de um versículo da Bíblia que alerta que haverá tempos em que matarão o povo de Deus crendo que estarão agradando ao Senhor, fazendo a vontade de Deus.
Nessa obra de Victor Hugo percebemos isso em um dos personagens que de acordo com as regras da sua profissão, esquece da compaixão, do perdão, do amor! Ele é tão duro que não aceita que o perdoem, e não se humilha. O orgulho é a razão de sua vida! E esse orgulho o leva para a morte...
Os Miseráveis de Victor Hugo é uma obra preciosa, e o filme conseguiu refletir toda a beleza dessa grande obra literária.
É um filme que pouquíssimos apreciarão, mas mesmo aqueles que se disporem a assistir, eu logo aviso:não desista mesmo que  no início ache o filme meio, digamos, massante. Controle-se e continuem assistindo, no final você dirá o que disse: valeu!
...............

Les Misérables (Os Miseráveis) é uma das principais obras escritas pelo escritor francês Victor Hugo, publicada em 3 de abril de 1862.
A história passa-se na França do século XIX entre duas grandes batalhas: a Batalha de Waterloo (1815) e os motins de junho de 1832. Daqui resulta, por cinco volumes, a vida de Jean Valjean, um condenado posto em liberdade, até sua morte. Em torno dele giram algumas pessoas que vão dar seus nomes para os diferentes volumes do romance, testemunhando a miséria deste século, a pobreza miserável de: Fantine, Cosette, Marius, mas também Thénardier (incluindo Éponine e Gavroche) e o inspetor Javert.

Se desejar saber mais sobre essa maravilhosa obra de Victor Hugo clique aqui.

Algumas imagens do filme:















Nayara

Torta de Frango

Ingredientes Frango: 1 peito inteiro de frango com pele e osso; 1 cenoura grande; 1 talo de salsão com folhas; 1 cebola g...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...